Ask Maria, BoBuy e EURT vencem edição de 2018 do Discoveries

As startups Ask Maria, BoBuy e EURT são as grandes vencedoras da quarta edição do Discoveries, um intensivo programa de aceleração organizado pela Fábrica de Startups, em parceria com o Turismo de Portugal.

Vencedores-Discoveries.png

Já são conhecidos os vencedores da edição de 2018 do programa de aceleração Discoveries. O prémio deste ano foi entregue a três startups de diferentes países: Portugal, Hong Kong e Estados Unidos.

Oito bootcamps e um pitch final depois, o júri constituído por Teresa Ferreira (do Turismo de Portugal), António Daniel Santos (também do Turismo de Portugal), António Lucena de Faria (da Fábrica de Startups), José Arthur Vasconcelos (da Startup Discoveries) e Clara Braga da Costa (da Capital Criativo) elegeu as startups Ask Maria, BoBuy e EURT como as grandes vencedoras.

Para Maria Lopes, João Morisson, Paulo Morisson e Gonçalo Valente, da Ask Maria, “este prémio significa muito”. Maria diz que aprenderam muito com o programa e estão “muito contentes por poder começar já a vender o produto e a partilhar o nosso Portugal”, um país em que acreditam tanto “como destino turístico”.

A Ask Maria é uma startup que pretende vender planos de viagem em Portugal, mais ou menos detalhados, de acordo com as necessidades e a disponibilidade financeira de cada um. Os seus serviços podem ir de uma simples lista de dicas ou coisas para ver a uma viagem completamente planeada, que inclua hotéis, excursões, etc. O objetivo é proporcionar experiências únicas, mostrando lugares ou espaços recônditos.

Ethan e Shiri Bergerson, da BoBuy, dizem que o prémio é “um bom reconhecimento”, porque estão a “trabalhar no projeto há muito tempo”. Ethan acrescenta, ainda, que acreditam que o seu negócio “poderá funcionar em Portugal”.

A BoBuy é uma aplicação que oferece aos seus utilizadores ofertas exclusivas em experiências de lifestyle e outros serviços, de acordo com a sua localização (de momento, esta ferramenta apenas está disponível em Hong Kong).

Michael Sothan e Peter Richards, da americana EURT, consideram que a “indústria do turismo está a crescer em Portugal” e que “Portugal está a fazer um excelente trabalho em alavancar o seu país”. Michael diz, ainda, que está “muito feliz por fazer parte desse ecossistema” e que o próximo passo vai ser planear qual a melhor forma de expandir os seus serviços aqui, em Portugal.

A EURT é uma plataforma que, por um lado, oferece aos residentes locais novas formas de rentabilizarem os seus espaços e, por outro, acaba com os incómodos de quem viaja.

A sessão de abertura da Grande Final do Discoveries foi presidida por Teresa Ferreira, António Lucena de Faria e pelo Dr. Francisco Rocha Gonçalves (vice-presidente da Câmara Municipal de Oeiras).

Marta Sousa Monteiro (Global Relations Manager da Startup Portugal), Mário Tarouca (fundador e CEO do Breadfast Group) e Luís Lucas (co-fundador da LiveElectricTours) foram os oradores convidados. Falaram sobre o que é ser empreendedor, sobre as adversidades que surgem ao longo do caminho, sobre como lidar com o sucesso e fazer com que o projeto continue a crescer.

A Final do Discoveries decorreu esta quinta-feira no Templo da Poesia (Parque dos Poetas, Oeiras) e contou com a presença de vários mentores e formadores do programa e também de alguns convidados.

Ao longo de quatro semanas, os participantes tiveram a oportunidade de definir, validar e desenvolver o seu modelo de negócio, através da metodologia Lean Startup – habitualmente utilizada para criar e gerir startups, de forma rápida e sustentável – e, por último, apresentá-lo a um painel de jurados e investidores, na Grande Final.

O Discoveries é um intensivo programa de aceleração de startups nas áreas do turismo e viagens, organizado pela Fábrica de Startups, em parceria com o Turismo de Portugal, que tem como objetivo transformar novas ideias em negócios de sucesso, através de um conjunto de bootcamps.