Tomás Ferreira: Uma ambição diferente

O meu nome é Tomás e provavelmente vais querer saber o que quero dizer com ter “uma ambição diferente”. Wait… Eu explico!

Deixa-me contar-te um pouco o meu background, para que percebas melhor este mindset.

Desde muito novos que nós, enquanto seres humanos, somos influenciados a ganhar novos hábitos: os teus pais, os teus avós, os teus tios querem que assumas certos comportamentos nas mais diversas situações da vida, de forma a que consigas ter sucesso. E eu também fui influenciado assim!

Na minha adolescência já tinha hábitos que definiam a minha pessoa. Mas, essa pessoa correspondia às expectativas dos outros e não às minhas.

A forma como comecei a corresponder às minhas próprias expectativas foi definindo um percurso diferente, para mim mesmo, com ambições diferentes.

© Ana Oliveira, Fábrica de Startups

© Ana Oliveira, Fábrica de Startups

Assim que saí do 12º ano descobri que queria seguir um percurso empreendedor cheio de desafios pelo meio. Não sabia nada de empreendedorismo. Apenas sabia que queria definir o meu percurso com “uma ambição diferente”.

Mas por quê esta mentalidade radical? Porque tenho um ponto de vista diferente em relação à sociedade e às oportunidades.

Eu acredito que a sociedade nos ensina a ter um certo papel, já pré-definido pela mesma, mas não nos ensina a entender a palavra “sucesso”, nem como alcançá-lo.

E acontece muitas vezes nos definimos a nós próprios como “bem-sucedidos”, quando na realidade correspondemos é às expectativas dos outros, mas isso não nos traz ambição. Isso traz-nos um conforto temporário, que mais tarde resulta numa infelicidade constante.

Por esta mesma razão, eu acredito que a ambição tem origem no desejo. O meu desejo era desafiar o percurso mais comum (ensino escolar e ensino universitário), que foi o que eu fiz.

Eu fui um “bad boy”. Nem sequer fui para a faculdade. O meu desejo provinha de realizar algo maior. E encontrei esse desejo no mundo do empreendedorismo. Foi esse o percurso que me trouxe até à Fábrica de Startups e ao mundo do qual, neste momento, faço parte e me ajuda a puxar pelo meu espírito empreendedor.

Agora, quero que te perguntes a ti mesmo: todo o percurso que realizaste até ao momento foi para corresponder às tuas expectativas, ou às expectativas que os outros tinham de ti?

A ambição vem do desejo e é importante conseguires responder a esta pergunta, pois só quando deixares de corresponder às expectativas dos outros é que conseguirás definir uma ambição que te traga sucesso.

Texto escrito por:

Tomás Ferreira, Acceleration Program Assistant na Fábrica de Startups